IPS Comunidades do Distrito Jaguara (SP)
Imagem IPS Jaguara
Categoria: Publicaciones

O IPS Comunidades Distrito Jaguara foi desenvolvido dentro do contexto de um grande movimento de articulação social para o desenvolvimento local estimulado pela Natura, o Comunidade Viva. Esse movimento é formado por pessoas e organizações que moram, trabalham, atuam e empreendem nesta localidade, e que se juntam para pensar, cobrar e fiscalizar o poder público local e também atuar em prol da melhoria na qualidade de vida da região. O IPS Comunidades é, portanto, neste contexto, um instrumento de diagnóstico da realidade socioambiental, uma ferramenta para se planejar ações, projetos e iniciativas, e com a futura re-aplicação da metodologia, um estudo para acompanhar as evoluções nos indicadores da região. O distrito Jaguara pertence à cidade de São Paulo, é um dos distritos menos populosos, com 24 mil habitantes aproximadamente. A região fica isolada entre quatro grandes rodovias que ligam a cidade de São Paulo com o restante do Estado e muitas políticas públicas não são direcionadas para a região. Isso acontece porque normalmente os dados públicos são distorcidos pela média da região onde o distrito está localizado e devido ao baixo índice de articulação social da população local. É uma região que apresenta uma grande quantidade de empresas mas sua população é de classe média-baixa e baixa. O projeto no IPS Comunidades no distrito de Jaguara envolveu diversos atores. A Natura, que desempenhou o papel de financiar a aplicação dos estudos, fomentar o surgimento dos movimentos de articulação social local e a aplicação do questionário junto com a população, bem como a revisão do relatório com a Rede #ProgressoSocialBrasil. Além disso, liderou a devolutiva dos resultados junto à população local e assumirá o papel agora de fomentar junto ao movimento Comunidade Viva a elaboração e gestão de planos de ação a partir dos resultados do estudo. A Ipsos, uma empresa global de pesquisas presente em 87 países, que desempenhou o papel de adaptar o questionário para uma realidade urbana e acomodar as sugestões da população local e ao conselho técnico da Rede #ProgressoSocialBrasil. Além de planejar, coletar e processar as informações com apoio técnico da Social Progress Imperative e elaborar os relatórios para disseminação do estudo. A Rede #ProgressoSocialBrasil – rede de pessoas e organizações público e privadas interessadas na disseminação do IPS no Brasil – que desempenhou o papel de revisão e validação técnica do questionário e do processo de pesquisa. E a Avesso Sustentabilidade – consultoria em Sustentabilidade – que desempenhou o papel de coordenar a formação e as reuniões com lideranças e representantes da população local no contexto do movimento Comunidade Viva.

Confira AQUI os principais resultados do estudo elaborado no Distrito Jaguara, na Cidade de São Paulo.

Nenhum Comentário
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 3,00 out of 5)
Loading...

Comentarios

Responder

Añadir un comentario a este post

*